Voltar à página principal
Pintura Notícias Textos de Teresa Magalhães Recortes de Imprensa Sobre a Pintura Contactos


Texto do catálogo – Exposição Individual – Galeria Altamira, 7 de Fevereiro a 9 de Março de 1985
 
Francisco Faria Paulino.


“ (...) Percorrer estes caminhos insondáveis e indescritíveis pelo discurso lógico é o que Teresa Magalhães vem fazendo há muitos anos. O que a salva e nos salva é a persistência da sua insatisfação e a necessidade de a prosseguir.

As suas perguntas são intuições traçadas em cores puras e fortes num gesto generoso de quem se entrega a inquirir da beleza a natureza da Vida.

Todos os seus quadros se poderiam intitular “começo”. Nenhum nos determina e se termina. Todos são princípio, talvez meio, mas nunca fim. Todos vão completando o único quadro que ela pinta. Sem medo da morte predita, como guardiã das árvores da ciência do bem e do mal, vai em cada quadro mordendo um dos seus frutos. E em todos aspira a recriar esse instante único em que sobre o vazio e as trevas se disse:
“faça-se a luz”.
 

E a luz foi feita.
Deus ficou satisfeito com a sua obra.
Teresa Magalhães sensatamente ainda procura.”

 


  © 2008 Teresa Magalhães. Todos os Direitos Reservados || Desenvolvido por workinblues multimedia